Conjunção – Português para Concursos

Conjunção

É a palavra invariável que liga duas orações ou duas palavras que tenham a mesma função na oração.

Ex.: nosso lema é esse: ordem e progresso/ você tem bom gênio, mas seu irmão é um impulsivo/ não sabemos se ele é uma pessoa confiável

No primeiro exemplo a conjunção e liga dois termos na mesma oração. No segundo a palavra mas liga duas orações

As conjunções que ligam termos ou orações de idêntica função gramatical recebem o nome de coordenativas. As orações ligadas por essas conjunções são coordenadas

No terceiro exemplo a palavra se aparece ligando duas orações dependentes, isto é, a segunda depende sintaticamente da afirmação expressa na primeira. Se ele é um pessoa boa funciona como objeto direto do verbo saber da primeira oração

As conjunções subordinativas ligam sempre orações sintaticamente dependentes, que ora exercem a função de um substantivo (orações substantivas) ora exprimem uma circunstância adverbial (orações adverbiais). Essas orações são denominadas subordinadas

Locução conjuntiva

Há muitas expressões formadas pela palavra que antecedida de advérbios, preposições ou particípios e que representam o mesmo papel de uma conjunção. São as chamadas locuções conjuntivas: antes que, desde que, já que, até que, para que,s em que, dado que, posto que, visto que, em vez que, etc

Conjunções e locuções coordenativas

Ligam orações sintaticamente independentes

  • aditivas: e, nem, mas também, bem como, como também

  • adversativas: mas, porém, todavia, entretanto, contudo, no entanto

  • alternativas: ou, ou…ou, ora…ora, já…já, quer…quer

  • conclusivas:logo, portanto, por isso, assim, pois (depois do verbo)

  • explicativas: que, porque, porquanto, pois (antes do verbo)

Conjunções e locuções subordinativas

Introduzem orações sintaticamente dependentes de um termo situado na oração principal. Podem ser orações substantivas ou adverbiais

  • as conjunções integrantes introduzem orações subordinadas substantivas, ou seja, as que exercem função de substantivo (sujeito, objetos). São apenas duas: que e se

  • as conjunções subordinativas introduzem orações subordinadas adverbiais, exprimindo várias circunstâncias adverbiais:

  • causais: porque, como, já que, uma vez que, visto que, etc

  • consecutivas: que (relacionado a uma palavra de caráter intensivo – tão, tal, tanto, etc). Ex.; gritou tanto que ficou rouco

  • comparativas: como, tal qual, que, mais…que, menos…que, etc.

  • Conformativas: conforme, consoante, segundo, como, assim como, etc

  • concessivas: embora, por mais que, mesmo que, ainda que

  • condicionais: se, caso, consoante, segundo, como, assim como

  • proporcionais: quanto mais, quanto menos, tanto mais, à medida que

  • finais:para que, afim de que (= para que)

  • temporais: quando, enquanto, logo que, sempre que

Republished by Blog Post Promoter

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *