Pesquisa personalizada
Início >>Categorias>>Dívidas>>Início >>Categorias>>Dívidas>>Dúvidas sobre dívidas de cartões e bancos

Fazer Fácil também está no Twitter

Fazer Fácil também no Youtube

 

Dívidas com cartões de crédito e bancos - as dúvidas mais comuns em relação ao SPC e SERASA

parte 3


Anterior

Dúvida 9: Estou devendo em tres bancos (Bradesco, Real e Brasil). Quando tive conta nos tres bancos eu tinha um salário muito bom. Tinha cartões, cheque especial, bons limites, empréstimos disponíveis, que acabei fazendo. Acontece que fiquei desempregado um bom tempo e perdi tudo de uma vez. Tentei negociar com o Banco do Brasil, mas não dá para pagar as parcelas que eles me passaram. A dívida esta muito alta e não vejo como regularizar a minha situação.Além do mais está correndo juros sobre juros. Me aconselharam a mandar uma carta para o Banco do Brasil me justificando, você acha que isso resolve? Estou desanimado com tudo isso, me oriente, por favor.

Infelizmente muitos brasileiros estão passando por situações identicas a sua, mas existem soluções, isso que é importante. Vejamos que na sua colocação mencionada "estão cobrando juros sobre juros", essa prática é considerada totalmente ilegal e contraria o que diz a nossa legislação vigente e a constituição federal. Peça a eles lhe fornecer um demonstrativo detalhado dos débitos, é um direito que o Código de Defesa do Consumidor nos garante. Observe que os credores tem o direito de executar qualquer dívida desde que atende o determina o artigo 585 II do Código de Processo Cível. As cláusulas contratuais consideradas "leoninas" podem ser discutidas.

Aconselho fazer cálculos periciados para ingressar com Ação denominada " Medida Cautelar Revisonal de Cáclculos com pedido de liminar para exclusão de Serasa e SPC. Pague aquilo que a Justiça determinar Para isso procure um profisisonal da área do direito de sua confiança. Somente assim você estará exercendo os seus direitos como consumidor e pagando o que realmente é devido e justo sem ser explorado por essas empresas.

Dúvida 10: Eu fiz um emprestimo no Banco Itau de R$ 900.00 e terei que pagar 24 fixas de 94.00, resultando num total de R$ 2.256.00. É bastante, não é??? Isso e justo, está correto??? Em situação de desespero fiz e estou pagando, mas gostaria de saber se posso de repente, negociar para quitar antecipadamente e obter assim um bom desconto.

O Crédito nada mais é que a confiança de uma empresa/instituição depositada em seu cliente. Com a finalidade de facilitar o consumo, esse crédito dever ser utilizado de maneira sábia e consciente. Assim como facilita a vida de muita gente, destroem outras. Denota-se pelos valores das parcelas apresentadas juro altíssimo embutidos nas parcelas fixas. O Código de Defesa do Consumidor é muito claro, caso houver a antecipação nos pagamentos das parcelas vincendas, o credor deverá subtrair os juros aplicados.

Tanto é que o Artigo 52 - II do Código de Defesa do Consumidor determina que as taxas de juros devem ser informadas claramente ao consumidor no ato da assinatura do contrato de financiamento ou outorga de crédito. Ao meu ver as taxas praticadas nesse financiamento estão em torno de 6,29% ao mês e cabe-se discussão judicial da taxa em referência e principalmente pela prática do anatocismo - cobrança de juros sobre juros-. E desta forma você estará exercendo os seus Direito como Consumidora dando valor a cada centavo do seu dinheiro.

Dúvida 11: Devido à crise do mercado, adquiri as seguintes dividas: cartões de crédito (Banco e C&A), empréstimo, limite do banco, cheque devolvido, cartões de loja. Minhas dúvidas são as seguintes: em relação a essas dívidas, irá caducar algum dia? E com isso, posso voltar a ter o nome limpo no mercado? Atualmente estou trabalhando, tiro liquido R$ 400,00 ao mês, no qual sustento minha família e não sobra para que eu possa negociar minha dívida que passa de R$ 15 mil, o que posso fazer para regularizar minha situação?

Faça um plano de metas. Esse orçamento pessoal estabelecerá alguns valores limites de gastos, conseguindo econimzar aos poucos procure eliminar as pendências passo a passo. Não pague juros abusivos, ocorrendo abusos procure o poder judiciário e deposito o valor da dívida corrigida com juros de 1% ao mês. O de R$15.000,00 somando todas as suas dívidas, deva possuir muitos juros, é preciso analisar cada item elaborando cálculos a fim de apurar os valores reais devidos.

Próximo

Compartilhe |

comments powered by Disqus

Pesquisa personalizada

Fazer Fácil - Política de Privacidade